quinta-feira, outubro 05, 2006

Entre-pontos e partidas

[D] Entre pontos e partidas. De vidas. Entre encontros e desencontros. Da ideologia. Quem ira dobrar a esquina?
-------------------------------------------------------------------

Finas lagrimas do céu Respingam na minha cara

A! minha cara... Por que já foi embora

Antes do agora?

Eu sentado no ponto

Ponto de partida Ponto de vista Que me parte a vida e meu coração Em dois

Entre escrever uma historia E viver uma prosa

Sopro de chuva Que traz certa duvida

Que duvida da resposta

Resposta atravessada Pra fingir não querer volta

Pro ponto de partida

Partida da historia que escrevo Sobre a prosa da minha vida

---------------------------------------------

quem ira dobrar a esquina...

3 comentários:

"J" disse...

Claro que essa resposta acabaria com toda nossa redundancia, ou talvez não?

Por que quem ira dobrar a esquina?
Quem ligará numa noite solitaria?
Quem e mais importante quando?

Simples Jotas da questão.

Thiago Minnemann disse...

Oba! Um reduto de poetas.
Preciso colocar mais textos no meu.
Isso é só um detalhe.

Olha, talvez ninguém ligue numa noite solitaria
talvez dobrando a esquina seja só um cachorro.
talvez a pessoa mais importante sejamos nós mesmos.


-Minha veia pessimista à flor da pele-

JoW Lee Ana disse...

Só a prefeitura poderá dizer quem é o encarregado de dobrar tal esquina.