quinta-feira, novembro 09, 2006

Nós

Nós

A minha vida.. Ah! Minha vida, como é difícil falar sobre isso, por mais fácil que seja ler boas lições sobre ela, por mais fácil que seja ir seguindo os dias do calendário sem se preocupar. Mas uma hora, um minuto ou nem que seja por um segundo, nós paramos e vemos o que nós já trilhamos até o momento pensado.

É engraçado dizer.. "Nós"... "Nós", uma linha estrategicamente amarrada que tem a finalidade de segurar, de não se desprender. E agora digo, "nós" como se eu te conhecesse.

O que os meus nós tem a ver com a vida? Oras... Tudo! As "Nossas" vidas, são um emaranhado de cordas, oras nós sem ponta, oras nós tão firmes que nunca se soltam, alguns nós que soltam quando você achou que era o mais firme, alguns nós falsos e outros nozinhos que você simplesmente faz o laço, pois os laços nada mais são do que belos nós.

Fazemos laços entre nós. Entre nossos laços, estrategicamente feitos para podermos não nos separar de algo que gostamos.

Laços são bonitos nós. Laços de família, laços de Amor, laços de amizade...

A resistência de nós depende da intensidade, peso e força das nossas mudanças. Nós fracos estouram, e mesmo amarrados de novo o remendo continua, e a memória amarga do quebrar e reconstruir permanece. Existe os nós de marinheiros, de tão complexos se tornam chatos.

Por mais estranho que pareça, os nós perfeitos são aqueles que não prendem. A finalidade de nós, não são prender, são ligar uma coisa a outra, envolvendo-a.

Me aperta o peito de ter evitado alguns nós, mas eu sabia que nós, não serviam para prender.

Às vezes desfazemos laços, por que simplesmente julgamos já não enfeitar mais nada. Mas quem somos nós, para julgar?

É...De todos se formam nós, Nós todos. De muitos nós se formam poucos. Do simples e belo se formam laços Dos laços se formam abraços e promessas Que se tornam, pessoas certas.

Para firma um nó muito bem, tem que se puxar as duas pontas para lados opostos.

5 comentários:

Thiago Minnemann disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Thiago Minnemann disse...

É como se as diversas vidas fossem diversar cordas que começam paralelas e vão, com o tempo, se cruzando em nós, formando relações complexas,criando uma rede de relacionamentos fazendo acontecerem as sincronicidades.
Mas por sermos humanos temos a necessidade de enfeitar certos nós em forma de laços. Inventamos laços para dar a impressão de que tudo é mais bonito, que tudo é mais simples.
Mas as vezes temos o desejo de que um laço se desfaça com apenas um puxão. Mas não.

JoW Lee Ana disse...

é, impossível nos livramos do 'nós', por mais que tentemos levar uma vida auto-suficiente. Pensando em 'nós' temos a garantia de termos memórias e acima de tudo não morrermos sozinhos.

Fernanda disse...

Pois eh... Nós... Esse q prende uma coisa a outra... q se faz laços... E NÓS... e q ao mesmo tempo diz e tem quase o mesm significado de uma linha estrategicamente amarrada... esse NÓS q quer dizer todos juntos... eu..vc.. ele... ela.. eles... como eh realmente engraçada a vida... as vezes fazemos NÓS q nunca conseguimos desamarrar... e assim vai... vivemos preso, laçado a esses nós...

Sinto saudades!
Bjos

Thathá disse...

Puta merda!!!! Perfeito seu texto, Dan, como sempre!!! Causando aquele aperto no coração que somente os poetas mais brilhantes e iluminados foram capazes!!!!
Sinto orgulho de você, pequeno!!! Agora eu pareço mesmo uma tia falando huahau!!!
Que saudaaadeeeesss!!!!